o que é reumatismo

Afinal, o que é reumatismo?

Provavelmente você já ouviu falar sobre reumatismo e acredita que se trata de uma doença responsável por afetar as articulações, certo? Errado! O reumatismo, muito diferente do que muita gente pensa, não se trata de um diagnóstico, muito menos de uma doença específica. Trata-se, na verdade, de um conjunto de diversas doenças.

Nesse cenário, pode-se classificar o reumatismo como um coletivo de distúrbios reumáticos, que são divididos e classificados em diversos tipos. Ao todo, são mais de 100 diferentes doenças que podem ser categorizadas como reumatismo, uma vez que esse termo é utilizado para retratar qualquer dor nos ossos, articulações, músculos e todo o sistema osteoarticular. Assim, cada um desses problemas comumente chamados de “reumatismo” apresenta as suas causas próprias, com sintomas e prognóstico específicos e diversos.  É impossível, dessa forma, tratar do problema como se estivéssemos falando de uma única patologia.

Agora que você já sabe que reumatismo não é uma doença, torna-se também mais simples entender que não existe o referido “diagnóstico de reumatismo”. Na maioria das vezes, quando as pessoas se referem ao problema, o que elas estão de fato retratando são algumas doenças específicas, como a gota, a artrite reumatoide, a artrose (ou osteoartrite) ou a fibromialgia, por exemplo.

É possível prevenir as doenças reumáticas?

Em primeiro lugar, é essencial saber que a maioria das doenças reumáticas não apresentam cura, apenas tratamento. Alguns hábitos do dia a dia podem, sim, amenizar os principais sintomas dessas doenças, retardando também o seu surgimento.

No entanto, é importante lembrar que as doenças reumáticas estão relacionadas a fatores genéticos. Ou seja, se existe algum familiar com essas doenças na família, as chances de desenvolvimento de tais problemas são bem maiores. Portanto, enfermidades como a artrite, que afeta as articulações, muito provavelmente vão aparecer com o passar do tempo – geralmente com a chegada da idade mais avançada.

Diagnóstico e tratamento

Como o reumatismo não se trata de uma doença específica, não existe nenhum exame propriamente dito para identificá-lo. Dessa forma, o diagnóstico pode ocorrer quando os primeiros sintomas (particulares de acordo com cada doença) começam a surgir. O profissional capacitado para proferir esse diagnóstico é o especialista na área, o reumatologista. Em primeiro lugar, ele busca analisar os sintomas descritos pelo paciente, para depois avaliar o quadro clínico e, diante desses fatores, indicar se realmente se trata de alguma doença relacionada ao reumatismo.

Se o diagnóstico for positivo, o médico receitará os medicamentos ideais para evitar que os sintomas progridam. Isso porque os distúrbios reumáticos geralmente são gradativos, ou seja, vão se intensificando com o passar do tempo. Dessa forma, é fundamental procurar a ajuda médica a partir do momento em que os sintomas se manifestarem. Quando o diagnóstico é precoce e o tratamento tem início rapidamente, o possível alcance de qualidade de vida é potencializado.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como reumatologista em São Mateus!

Comentários

O que deseja encontrar?