miosite

Tudo o que você precisa saber sobre a Miosite

A miosite consiste em uma inflamação nos tecidos musculares, que também pode estar associada a outras inflamações nos pulmões, articulações, pele, intestino ou até mesmo no coração.

A condição, que costuma ter como principal sintoma extrema fraqueza e rigidez nos músculos, é o resultado da manifestação de uma variedade de doenças autoimunes que, juntas, levam à inflamação crônica dos tecidos musculares.

A miosite também é conhecida como miopatia inflamatória e se manifesta principalmente de duas formas:

  1. Polimiosite

Na polimiosite as dores musculares são bem específicas: nos dedos, músculos das mãos e nas proximidades do tronco. Alguns pacientes também manifestam problemas para respirar e engolir, além de dores articulares.

Geralmente, ela afeta indivíduos com mais de 30 anos e do gênero feminino.

  1. Dermatomiosite

A dermatomiosite também se manifesta com maior frequência no público feminino. Ela é o tipo de miosite mais facilmente identificada, visto que além da fraqueza e dor muscular o seu paciente também apresenta erupções cutâneas (feridas abertas).

Outros tipos de miosite são mais raros, como é o caso da miosite juvenil, que afeta jovens de até 18 anos.

Sintomas da miosite

Os principais sintomas e sinais comuns em ambos os tipos de miosite são os seguintes:

  • Dificuldade para se levantar após sofrer uma queda ou simplesmente após se sentar;
  • Sensação constante de fraqueza e inchaço nos músculos;
  • Disfagia (ou seja, dificuldade para conseguir engolir líquidos ou alimentos);
  • Rigidez muscular.

A dermatomiosite, por sua vez, pode também ser reconhecida por conta das feridas na pele (erupções cutâneas). Elas costumam ser roxas ou avermelhadas e desiguais, podendo se manifestar nos cotovelos, bochechas, costas, nariz, pálpebras, peito, dedos ou joelhos.

Outros possíveis sintomas da dermatomiosite são rouquidão ou mudanças na voz, calcinoses (nódulos de cálcio sob a pele), inchaço ou inflamação nos arredores das unhas e sensação constante de asfixia.

Principais causas da miosite

A miosite é causada à partir da presença de outras doenças autoimunes no organismo, motivo pelo qual sua manifestação está associada ao comportamento do sistema imunológico de destruir ou atacar células e tecidos normais/saudáveis do organismo.

As doenças autoimunes, por sua vez, são de causa desconhecida.

A miosite também pode se manifestar após inchaços e inflamações em músculos ou em vasos sanguíneos, que levam à degeneração dos mesmos.

Tratamento para miosite

O tratamento para miosite, por sua vez, varia bastante de condição para condição.

Geralmente o paciente deve realizar fisioterapia para recuperar a movimentação por completo do músculo afetado pela doença. Além disso, um fonoaudiólogo pode auxiliá-lo no fortalecimento dos músculos do pescoço e boca (ajudando inclusive na retomada do hábito de engolir perfeitamente).

Suplementos alimentares e demais medicamentos também podem ser ministrados durante o tratamento, o que dependerá do tipo e grau de manifestação da miosite no paciente.

Agora você já conhece a miosite, suas principais formas de manifestação, sintomas, causas e tratamentos.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como reumatologista em São Mateus.

 

Comentários

O que deseja encontrar?