lúpus

Como amenizar os sintomas do lúpus

O lúpus é uma doença autoimune que ataca o sistema imunológico afetando órgãos e tecidos saudáveis. Por isso, ele pode causar inflamação e danos no coração, rins, articulações, pele, vasos sanguíneos e no cérebro.

Os anticorpos confundem as proteínas do corpo com organismos invasores e as atacam, gerando uma série de sintomas nos pacientes. A doença não é contagiosa.

Apesar de não ter cura a doença pode ser controlada com medicamentos que diminuem a ação autoimune, além da importância de manter a pele sempre protegida com protetor solar.

Se ficou interessado em conhecer as formas de amenizar os sintomas de lúpus continue lendo esse artigo.

Quais os tipos de lúpus?

  • Lúpus Eritematoso Sistêmico – ocorre nos casos em que a doença provoca inflamações nos órgãos do corpo, como rins, coração e pulmão.
  • Lúpus Eritematoso Cutâneo – manchas na pele, principalmente nas regiões com maior exposição como orelhas, braços, colo e rosto. Ele tem vários tipos, cada um com sua manifestação.
    • Agudo – lesão conhecida como “asa de borboleta”, em razão do formato da mancha avermelhada que aparece no rosto, também chamada de eritema malar, ocorre geralmente nas regiões do nariz e maçãs do rosto, podendo ocorrer em outras áreas como pescoço e colo (decote). Mancha temporária e não deixa marcas permanentes.
    • Subagudo – ocorre em locais como rosto, braços, pescoço e colo e também não resulta em cicatrizes. No entanto, as pessoas devem evitar a exposição solar, pois o tempo das lesões tende a ser maior, e que após a cicatrização pode provocar manchas brancas na pele.
    • Crônico – essa variação da doença é mais agressiva, também chamada de lúpus discoide inicia com manchas avermelhadas e lesões como espinhas e placas vermelhas. Além dos locais já citados, essas lesões podem surgir no couro cabeludo (que resultam muitas vezes da perda definitiva dos cabelos), orelhas, colo (decote), braços e mucosas (genitais, boca, nariz e pálpebras).
    • Profundo (paniculite lúpica) – com lesões que chegas nas camadas mais profundas da derme, pode levar a atrofia e depressão da pele.

Quais os principais sintomas do lúpus?

O lúpus tem sintomas bem característicos como manchas vermelhas na pele em regiões mais expostas à luz solar (rosto, braços ou orelhas). Além de queda cabelo, perda de apetite, febre baixa, mau funcionamento dos rins e dor nas articulações.

Como controlar os sintomas?

O médico reumatologista vai pode conduzir o seu tratamento da melhor forma possível, indicando práticas que reduzem ou eliminam os sintomas.

A doença não tem cura, mas é possível controlar e manter uma vida sem inflamações e sintomas dolorosos.

  1. Proteger a pele

É recomendado que o paciente utilize filtro solar com FPS de no mínimo 15 ou acima de 30, para evitar que as lesões apareçam na pele.

  1. Anti-inflamatório e analgésico

O médico que conduz o seu tratamento pode indicar o uso de medicamentos para aliviar as dores, como anti-inflamatórios e analgésicos.

  1. Corticoides

São utilizados em forma de pomadas para uso tópico e tem por finalidade controlar a inflamação, evitando o aumento dos ferimentos.

Os corticoides via oral são utilizados em quadros mais graves e atuam nas células sanguíneas e nos órgãos que estejam prejudicados pela doença.

  1. Outros medicamentos

Existem outras opções para regular a imunidade como antimaláricos, os imunossupressores, a imunoglobulina e agentes biológicos que são medicamentos resultantes da engenharia genética.

Enfim, conhecendo o diagnóstico do seu tipo de lúpus, converse com seu médico reumatologista para ter conhecimento da melhor opção de tratamento para o seu caso.

Quer saber mais sobre o lúpus? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como reumatologista em São Mateus!

Comentários

O que deseja encontrar?