reumatologista

4 doenças tratadas pelo reumatologista

4 doenças tratadas pelo reumatologista

O reumatologista é um médico especializado em tratar das doenças que afetam o sistema musculoesquelético e o tecido conjuntivo.

A maioria das pessoas associa a artrite, a artrose e o reumatismo à reumatologia, e com razão; porém, por mais que sejam enfermidades comuns, elas não são as únicas tratadas nessa especialidade. Na verdade, há muitas outras doenças que podem comprometer a saúde e a qualidade de vida dos pacientes nessa mesma área.

Conheça algumas das doenças que requerem ação de um reumatologista

1. Artrites e artrose

Ela pode até ser conhecida, mas poucas pessoas entendem que há mais de um tipo de artrite, e que cada tipo precisa de cuidados específicos. Por exemplo, a artrite reumatoide pode afetar diversas articulações, já a artrite psoríaca apresenta quadros de alterações na pele, com ou sem outros sintomas associados. A osteoartrite, mais conhecida como artrose, tem como característica o desgaste e alterações nos ossos e na cartilagem articular. Ou seja, são variadas formas de uma mesma doença.

2. Esclerodermia

O principal sintoma desta doença é o endurecimento da pele, que fica sem elasticidade e mais espessa. Trata-se de uma enfermidade que atinge o sistema imunológico, e que pode surgir de duas maneiras: a esclerose sistêmica ou a localizada. A localizada, como o nome sugere, afeta uma parte da pele, e é mais comum em crianças. Já a sistêmica é mais perigosa, pois pode afetar também órgãos internos, além da pele.

3. Gota

Pode ser considerada uma forma de artrite, mas é reconhecida há tanto tempo que se tornou sua “própria enfermidade”. A gota é muito mais dolorosa do que os outros tipos de doenças que atingem articulações.

É improvável que alguém tenha mais do que duas crises de gota na vida, mas em alguns casos elas podem se tornar frequentes, deixando o paciente incapacitado. A razão é o excesso de ácido úrico no corpo, e a dor costuma atingir os pés.

4. Vasculites

Quando os vasos sanguíneos inflamam, ocorre a vasculite. A causa pode ser uma outra condição associada, como doenças autoimunes, ou pode ser apenas um quadro separado, o que é mais raro. Há muitos tipos de vasculites, cada um com seu conjunto de sintomas, fatores de risco e possíveis origens. Alguns exemplos são a doença de Behçet (caracterizada por úlceras genitais e na boca), a doença de Buerger (focada nas mãos e pés, e relacionada ao fumo), a síndrome de Churg Strauss (caracterizada pela presença de asma), e outras.

Por fim, o reumatologista ainda pode tratar de muitas outras doenças que afetam articulações, músculos, ossos, ligamentos, cartilagens, e etc. Visto que muitos sintomas podem estar relacionados a essas regiões do corpo, é uma boa ideia se consultar com esse especialista!

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder os seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como reumatologista em São Mateus!

Posted by Dra. Raquel Capucho Tonon in Todos, 1954 comments
7 sintomas que podem te levar a procurar um reumatologista

7 sintomas que podem te levar a procurar um reumatologista

Algumas pessoas acreditam que o reumatologista deve ser consultado apenas por pessoas mais idosas, grande engano! As dores de origem reumatológica podem atingir crianças e jovens também.

Esse especialista clínico tem experiência no diagnóstico e tratamento de doenças que geram dor nas articulações, nos ossos, nos tendões, nas bursas ou músculos.

É importante destacar que nem todas as dores no corpo indicam um diagnóstico reumatológico, por isso o especialista precisa conhecer bem as doenças das outras especialidades para chegar no diagnóstico correto.

Se você está sentindo alguns sintomas e têm dúvidas sobre a especialidade que deve procurar, continue lendo o artigo para saber quando o reumatologista pode ajudar.

Listamos alguns sintomas e suas respectivas doenças para que você avalie a necessidade de procurar um especialista. Lembrando que este texto não substitui uma consulta médica.

  • Dor intensa e limitação de movimentos

Esses dois sintomas são comuns em doenças reumatológicas, uma delas é a artrite reumatoide, uma doença autoimune crônica que pode afetar mãos e pulsos. Entre outros sintomas ocorrem fadiga, febre, mal-estar, anemia e febre.

A outra é a fibromialgia que é caracterizada por dores generalizadas e constantes pelo corpo. A doença também pode estar associada a transtornos psicológicos, ansiedade, depressão e distúrbios do sono.

  • Desgastes das cartilagens

A osteoartrite também conhecida como artrose causa o desgaste das cartilagens das extremidades dos ossos, o que gera dor e limitação dos movimentos.

  • Fragilidade dos ossos

A osteoporose tem como principal sintoma a fragilidade dos ossos. Mais comum em mulheres que estão na menopausa, surge quando ocorre um desequilíbrio entre as quantidades de material ósseo que são formados e os que são reabsorvidos, tornando os ossos muito frágeis.

  • Inchaço e inflamação nas articulações

A gota ocorre quando existe a produção excessiva de ácido úrico pelo organismo, causando inflamação e inchaço nas articulações.

  • Lesões pelo corpo

O lúpus é uma doença autoimune que gera lesões pelo corpo, em alguns casos no rosto (mancha vermelha em forma de borboleta nas regiões do nariz e maçãs do rosto). Pode afetar também os pulmões, rins e articulações.

  • Inflamação dos tendões

A tendinite é a inflamação dos tendões, uma estrutura fibrosa que conecta o músculo ao osso. Movimentos repetitivos podem causar a inflamação e levar a limitação física.

  • Inflamação da bolsa sinovial

A bursite é a inflamação da bolsa sinovial que fica localizada entre o tendão e o osso ou o tendão e a pele. Com função de amortecimento, nutrição e deslizamento dos tecidos.

De maneira geral os fatores de risco que podem levar a alguma doença reumatológica são o excesso de peso, a herança genética, traumatismos, sedentarismo e distúrbios psicológicos como ansiedade e depressão.

Os sintomas que indicam alguma doença reumatológica incluem ainda dificuldade para se movimentar, dor no corpo, articulações inchadas e redução da flexibilidade.

Portanto, se você sente alguns deles associado com os fatores de risco, deve procurar um médico reumatologista para avaliar o seu caso, definir o diagnóstico e iniciar o tratamento o quanto antes.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como reumatologista em São Mateus!

 

Posted by Dra. Raquel Capucho Tonon in Todos, 2650 comments